Menu de Navegação

Servidores da educação municipal protestam em frente à Prefeitura do Rio


Cerca de 500 servidores públicos do município do Rio, a maioria da área de educação, realizam uma manifestação em frente à sede da prefeitura, na Cidade Nova, na manhã desta terça-feira (3). Em paralelo ao ato, os profissionais da educação realizam uma paralisação de 24 horas. De acordo com o coordenador do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe-RJ), Marcello Sant'anna, a maioria das unidades não abriu nesta terça.

Os servidores reivindicam a definição do calendário de pagamento do 13º salário, que até agora não foi divulgado pela prefeitura, e denunciam a precarização das condições de trabalho nas unidades escolares. Em faixas e cartazes, eles afirmam que escolas e creches municipais sofrem com falta de manutenção, limpeza, material escolar e até uniformes para os alunos.

Os manifestantes queriam se reunir com o prefeito Marcelo Crivella, mas este já informou que não poderia recebê-los por estar com a agenda lotada. Um assessor do prefeito se comprometeu a receber uma comissão de servidores.

Na manhã desta terça acontecem outros dois protestos no Centro. Além da manifestação dos professores diante da Prefeitura do Rio, funcionários da Cedae protestam na Avenida Rio Branco, esquina com a Avenida Presidente Vargas. Trabalhadores da Eletrobras também protestam na Avenida Presidente Vargas.
Banner

Posta Comentarios: