Menu de Navegação

Presos acusados de roubar R$ 35 mil da Servus do Pe. Airton


A Polícia Civil através da Delegacia de Arcoverde, no âmbito da Operação Esforço Geral, desencadeada pela Chefia de Polícia, sob a coordenação do delegado Henrique Paiva, cumpriu Mandados de Prisão Preventiva expedidos pela Vara Criminal local, por requisição da autoridade policial, em desfavor do ex-presidiário *Cícero Hélio Silva Lima*, 32 anos, *Everton da Silva*, 20 anos e *Alex Bruno Cavalcante dos Santos*, de 22. Os três eram alunos dos cursos profissionalizantes ofertados pela Fundação Terra.

O trio é investigado pelo furto de aproximadamente 35 mil reais na Comunidade dos Servos de Deus, da Fundação Terra, na madrugada do dia 21 de maio. O dinheiro furtado era objeto de doações feitas a Fundação Terra, e seria usado para construção de uma igreja em uma comunidade carente do Sítio Malhada II, em Arcoverde e em obras assistenciais.

Segundo o delegado, "chamou a atenção a audácia dos criminosos, que usaram o conhecimento sobre a rotina da localidade, para facilitar o acesso e o arrombamento do cômodo onde o recurso estava depositado". Os três investigados eram alunos de cursos profissionalizantes ofertados gratuitamente pela Fundação Terra.

As prisões ocorreram na manhã de hoje (27), nos bairros Boa Esperança, no Centro e no bairro São Cristóvão, em Arcoverde. Os presos após serem interrogados, serão encaminhados ao Presídio Advogado Brito Alves, onde aguardarão julgamento. Com informações da Delegacia de Polícia da 156ª Circunscrição - Arcoverde.
Banner

Posta Comentarios: