CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

"Turnê" lucrativa para o Sport fora de casa

Fazer a tarefa de casa é regra básica para ter sucesso no Campeonato Brasileiro. Conseguir fazer o dever fora de casa é um calo que aperta boa parte dos times. Desde que retornou à elite nacional, por exemplo, o Sport conquistou apenas dez vitórias, a última contra o Santos, no último sábado, na Vila Belmiro. Na Série A 2014 foram quatro triunfos, 2015 apenas duas vitórias e 2016 três resultados positivos longe de Pernambuco. 

Neste Brasileirão, o time não conseguiu ser mortal na sua jaula, principalmente nos últimos dois jogos na Ilha do Retiro. Em fracas atuações, o time empatou sem gols contra o São Paulo e perdeu para o Vitória, que acabou gerando um discurso de mudança no treinador Vanderlei Luxemburgo.

Em seguida, o Leão tinha duas paradas dura fora de casa, contra Atlético/MG e Santos. O mais otimista dos rubro-negros não imaginava que o time voltaria dessa “turnê” com quatro pontos na bagagem. Melhor ainda: duas boas atuações, com mais segurança defensiva e poderio ofensivo em evolução. Nas atuações anteriores, o time sucumbiu contra a Ponte Preta, logo na estreia, levando uma sonora goleada de 4x0, por exemplo. Contra os limitados Avaí e Vasco, o time leonino também não conseguiu render bem, sendo derrotado nas duas ocasiões.

Satisfeito com o rendimento do time nesses últimos dois jogos, o treinador leonino preferiu adotar um tom mais cauteloso, apesar de não esconder a felicidade com a evolução da equipe. “Tudo poderia ser diferente se a gente perdesse. Vocês poderiam estar aqui falando que errei na escalação, que o time é ruim... Mas, vencemos e tudo está perfeito? Sei que não está, mas sei admitir que foram duas boas atuações. O Sport é grande e não pode pensar diferente quando joga fora de casa. Tem que agredir, não ter medo. E foi isso que fizemos nesses dois jogos”, comentou Luxemburgo.

Contra o Atlético/PR, no próximo domingo, na Ilha do Retiro, o Sport poderá contar com o retorno de Rithely, que cumpriu suspensão diante do Santos. Com isso, Rodrigo deve voltar para o banco de reservas. O time se reapresenta nesta segunda-feira (26), no CT José Médicis, em Paratibe, visando a grande decisão do Pernambucano, contra o Salgueiro.

RETROSPECTO DO SPORT FORA DE CASA NA SÉRIE A

2014

Derrotas - Internacional (2x1), Cruzeiro (2x0), Figueirense (3x0), Flamengo (1x0), Fluminense (4x0), São Paulo (2x0), Chapecoense (3x1), Bahia (1x0), Corinthians (3x0), Grêmio (2x0), Atlético-MG (3x2)
Empates - Santos (1x1), Goiás (0x0), Botafogo (1x1), Criciúma (2x2)
Vitórias - Coritiba (1x0), Vitória (1x0), Atlético-PR (1x0), Palmeiras (2x0)

2015

Derrotas - Atlético-MG (2x1), Corinthians (4x3), Figueirense (2x1), Goiás (1x0), Vasco (2x1), Internacional (2x1), São Paulo (3x0), Cruzeiro (3x0)
Empates - Flamengo (2x2), Santos (2x2), Fluminense (0x0), Chapecoense (1x1), Avaí (2x2), Grêmio (1x1), Atlético-PR (1x1), Coritiba (0x0), Joinville (1x1)
Vitórias - Palmeiras (2x0), Ponte Preta (1x0)

2016

Derrotas - Flamengo (1x0), Internacional (1x0), Coritiba (3x2), Santos (2x0), Vitória (3x2), Ponte Preta (2x1), Botafogo (3x0), Corinthians (3x0), Atlético-MG (1x0), Fluminense (3x1), Chapecoense (3x0), Palmeiras (2x1), Atlético Paranaense (2x0)
Empates - São Paulo (0x0), Figueirense (1x1), América-MG (2x2)
Vitórias - Santa Cruz (1x0), Cruzeiro (2x1), Grêmio (3x0)

2017

Santos - 1x0.
Banner

Posta Comentarios: