CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Menu de Navegação

Cinema Rio Branco é reaberto hoje (05) celebrando Acordo de Cooperação entre Prefeitura e Estado


A partir desta segunda-feira, 05 de junho, Arcoverde reabre o centenário Cinema Rio Branco em parceria com o Governo de Pernambuco. Esse momento só foi possível, diante do esforço da gestão municipal, aliado ao apoio do Programa Cine de Rua (Secult-PE e Fundarpe). O programa foi desenvolvido a partir de um Grupo de Trabalho formado por representantes do poder público e da sociedade civil que, desde 2016, discute e planeja a reinserção de salas de cinema no circuito de exibição audiovisual pernambucano.

Durante este mês de junho, o Cinema funcionará em fase experimental para teste do novo sistema digital, que permitirá sua reinserção no mercado contemporâneo da produção cinematográfica. Nos últimos anos, a sala passou a ter dificuldade de receber títulos atuais, por contar apenas com um projetor em 35 mm – um grande patrimônio e diferencial -, mas cujos rolos clássicos já não são mais produzidos pela grande maioria dos estúdios.

Por meio do GT Cine de Rua, o equipamento cultural foi objeto de um minucioso diagnóstico técnico desenvolvido pelo programador do São Luiz, Geraldo Pinho, e pelo arquiteto especializado Oswaldo Emery, que também é consultor de projetos audiovisuais vinculado ao MinC. O relatório embasou a proposta de readequação do espaço físico, de atualização digital e a elaboração de um Acordo de Cooperação que será celebrado entre a Secretaria Estadual de Cultura e a Secretaria de Cultura e Comunicação de Arcoverde durante a solenidade desta segunda-feira (05).

“A reabertura do cinema representa a primeira ação mais concreta de Arcoverde em busca de políticas culturais efetivas. Acreditamos, que essa parceria com o Cine de Rua traz de volta luz ao nosso Rio Branco e uma perspectiva de vida ainda mais longa”, acredita a prefeita Madalena Britto.

Por meio do acordo, a gestão estadual firma o compromisso de prestar, por três anos, assessoria técnica especializada, curadoria e, de uma maneira estratégica, ações em parceria com a Fundação Joaquim Nabuco que ajudem a formar projecionistas e programadores no município. “É com bastante entusiasmo que comemoramos este momento, que só foi possível pela união de diversos agentes públicos e da sociedade civil comprometidos com requalificação desses espaços”, afirma o Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja.

Agora, o Cinema Rio Branco faz parte do organograma da recém-criada Secretaria de Cultura e Comunicação de Arcoverde. “A gestão e ocupação dos equipamentos culturais é uma prioridade. O Cinema Rio Branco é o centro da política de audiovisual e de difusão que o município vai desenvolver”, pontua a Secretária Teresa Padilha.

“A parceria com a Secretaria de Cultura do Estado acelerou e qualificou a intervenção que pautamos desde o início da nossa atuação no município. Onde um das prioridades iniciais da nossa gestão era a reabertura do Cinema Rio Branco, mas com propósito voltado exclusivamente para exibição de filmes e formação na área e com a qualidade técnica e de conteúdo que o equipamento, os fazedores de cinema e o público merecem”, acrescentou o Diretor Executivo de Cultura de Arcoverde, Vinícius Carvalho.

PROGRAMA CINE DE RUA

De acordo com Silvana Meireles, Secretária Executiva Estadual de Cultura, “o Cinema Rio Branco representa a primeira ação visível do programa Cine de Rua, demonstrando que a união de esforços de instituições e de pessoas torna possível a concretização de um desejo e de uma necessidade: a democratização dos espaços públicos para a promoção do acesso à cultura e da cidadania”.

Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, “o diálogo e o trabalho conjunto vão tornar possível também o funcionamento regular e a oferta de programação continuada no Cine Theatro Guarany, em Triunfo, já a partir do dia 9 de junho”, adianta.

O Cinema Rio Branco e o Cine Theatro Guarany terão apoio do Comitê de Programação do GT Cine de Rua, formado atualmente pelo Cinema São Luiz, Cinema da Fundação, SESC Pernambuco, Secult-PE e Consulado Geral da França no Recife.

CINEMA RIO BRANCO

O Cinema Rio Branco começou a funcionar em 1917, quando a cidade de Arcoverde ainda nem existia. O que havia era o vilarejo de Rio Branco, pertencente ao município de Pesqueira. Palco dos primeiros debates sobre a emancipação política do município, o Cinema reabre nesta segunda-feira (5) com a pré-estreia nacional do filme Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos, filme de Sérgio Oliveira e Renata Pinheiro, que contou com incentivo do Funcultura.

O público terá ainda a oportunidade de conferir a exposição fotográfica Memória de Arcoverde e a exibição do documentário Meu mundo em Um Minuto, resultado de uma oficina sobre o Reisado desenvolvida com alunos da Escola Municipal Severina de Souza Bradley, no distrito de Caraíbas.

De 08 a 21 de junho, Arcoverde terá acesso a um recorte da programação do Festival Varilux de Cinema Francês. Já durante a semana de 22 a 28 deste mês, entram em cartaz os filmes Danado de Bom, O Som ao Redor e o curta Uma Balada para RockLane.

SERVIÇO:

REABERTURA DO CINEMA RIO BRANCO – FASE EXPERIMENTAL
Data: Segunda-feira, 05 de junho
Local: Avenida Antônio Japiassu, 261 – Centro – Arcoverde
Programação:
19h – Abertura com a exposição fotográfica “Memória de Arcoverde”
20h – Assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre o Governo de Pernambuco e a Prefeitura de Arcoverde
20h10 – Documentário “Meu Mundo em Um Minuto”
20h30 – Pré-estreia nacional do longa “Super Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos”

FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS EM ARCOVERDE
De 08 a 21 de junho | Cinema Rio Branco

Programação:
Quinta-feira, 08/06 | 20h – Frantz
Sexta-feira, 09/06 | 20h – Amanhã
Sábado, 10/06 | 18h – Perdidos em Paris   /   20h – O Filho Uruguaio
Domingo, 11/06 | 18h – A Viagem de Fanny   /  20h – Uma Agente Muito Louca
Terça-feira, 13/06 | 20h – Tour de France
Quinta-feira, 15/06 | 20h – Perdidos em Paris
Sexta-feira, 16/06 | 20h – Tour de France
Sábado, 17/06 | 18h – Amanhã   /  20h – Frantz
Domingo, 18/06 | 18h – Uma Agente Muito Louca  /  20h – O Filho Uruguaio
Terça-feira, 20/06 | 20h – A Viagem de Fanny

Foto/Arte: Robson Lima



Banner

Posta Comentarios: