CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Menu de Navegação

Para Ney, comemoração no escudo só prejudicou o Santa


A tão comentada comemoração de Halef Pitbull em cima do escudo do Sport levou o troco na noite desta quarta-feira (3). Em um jogo histórico, o Rubro-Negro fez 2x0 no Santa Cruz em pleno Arruda e se garantiu na final da Copa do Nordeste, diante do Bahia. Resultado extremamente comemorado pelos jogadores leoninos e principalmente pela massa rubro-negra, que esquentou as redes sociais.

Após a partida, em coletiva de imprensa, o técnico rubro-negro analisou a vitória e ainda comentou as consequências da comemoração de Pitbull. “Voltando à questão do escudo, acho que só prejudicou o Santa Cruz, que perdeu uma oportunidade, depois de jogo (da Ilha), de comentar a vitória, de elogiar os jogadores que foram bem. Tudo foi mascarado em cima de um erro de um jogador. As confusões que tiveram hoje foram todas provocadas por isso”, declarou Ney Franco.

De acordo com o comandante, a vitória rubro-negra precisa ser comentada por tudo que o Sport fez na partida e não pelas provocações. “Da nossa parte, vai ser conversada a qualidade dos atletas, os gols que a gente fez, como a gente venceu, a festa que fizemos com o nosso torcedor. Tanto os jogadores quanto a comissão técnica trabalharam muito”, comentou o treinador.

Ney Franco reforçou o valor que a classificação tem para o Sport. Com todas as letras, destacou sua felicidade em ver o Leão na final do Nordestão. “Uma classificação justa, com a equipe se comportando muito bem, acreditando na proposta do treinador. É assim que se forma uma equipe, se ajustando a todo tempo. O time jogou o tempo todo equilibrado. Saio daqui com muita felicidade, estamos em duas finais de competições difíceis”, disse.

E passadas as comemorações pela classificação, o Sport volta agora as atenções para mais um jogo decisivo. No próximo domingo (7), na Ilha do Retiro, o Leão encara o Carcará pela primeira partida da final do Campeonato Pernambucano.
Banner

Posta Comentarios: