CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Menu de Navegação

Em jogo tenso, Sport faz 2 a 0 contra o Santa e avança para a final do Nordestão


com doses de dramaticidade, o Sport tirou forças de onde parecia não ter para inverter a vantagem construída pelo Santa Cruz no primeiro jogo da semifinal da Copa do Nordeste, se classificando para a grande decisão contra o Bahia. Com gols de Everton Felipe e André, o Leão fez 2 a 0, nesta quarta-feira, e comandou a festa no Arruda. O detalhe é que o Rubro-negro perdeu Diego Souza e Ronaldo Alves no primeiro tempo por conta de lesões e Rithely na segunda etapa com um cartão vermelho - três de seus principais jogadores.

Sport e Santa Cruz agora voltam suas atenções para o Campeonato Pernambucano. No domingo, o Leão recebe o Salgueiro no primeiro jogo da final. No sábado, o Santa Cruz vai até a Arena de Pernambuco para começar a disputar o terceiro lugar, contra o Náutico.

O primeiro tempo foi definido com um lance aos 15 minutos com o meia Diego Souza, do Sport. E não foi num chute e nem em um passe. Depois de uma dividida com Tiago Costa, o camisa 87 pediu substituição e deu lugar a Everton Felipe, que precisou de menos de um minuto e apenas um toque na bola para mexer no placar. Ele aproveitou bom passe de Rogério para trás e de primeira fez 1 a 0 para o Leão. O placar ainda dava a classificação para o Santa, que se soltou mais no restante do primeiro tempo e chegou perto do gol em uma cobrança de falta de Anderson Salles e um bonito chute de fora da área de Thomás. O Leão ainda assustou com André e Rogério, mas o panorama no intervalo seguiu o mesmo.

O segundo tempo começou com poucas emoções e quase nenhum trabalho para os goleiros Julio Cesar e Magrão. Aos 25 minutos, uma confusão generalizada gerou as expulsões de Rithely e Elicarlos. Quando parecia que o Sport ficaria mais enfraquecido, eis que apareceu André. Aos 32, ele aproveitou cruzamento de Samuel Xavier e chutou com categoria para fazer 2 a 0 e colocar o Sport em vantagem. O gol gerou uma nova confusão. Posteriormente, Vítor e Wellington Cézar foram expulsos por agredir atletas rubro-negros.
Banner

Posta Comentarios: