CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Menu de Navegação

David é visto como equilíbrio do Santa Cruz e exorciza críticas: "Não apareço muito"

A atuação de David no jogo contra o Guarani, no Arruda, gerou reconhecimento. O volante figurou na seleção de estatísticas da segunda rodada da Série B, feita pelo site Footstats, especializado em análise de desempenho. Mau avaliado frequentemente pela torcida do Santa Cruz, o jogador começa a exorcizar as críticas. Respaldado pelo treinador Vinícius Eutrópio, justifica o porquê de tantas pegação no pé. Acredita que o seu estilo de jogo discreto em campo pode se confundir com atuações apagadas.
David diz que compreende as críticas da torcida. Mas não acha que está com rendimentos tão baixos assim. “O torcedor tem todo o direito de criticar, de analisar o empenho de cada um. Procuro sempre ser eficiente à equipe. Às vezes, a gente passa um pouco despercebido pela função em campo. Não sou jogador que apareço muito, talvez por isso algumas críticas. Mas tento cumprir a minha função, o que é pedido pela comissão técnica”, declarou.
Por outro lado, o volante não nega que visa à evolução. Acredita a vitória por 2 a 1 sobre o Guarani foi o seu melhor jogo no Santa Cruz. “Pode sim ser considerada a melhor partida devido a essa seleção da rodada, que me deu um destaque maior. É sempre procurar estar dando um algo a mais e ser eficiente para a equipe.”


Elogios do treinador

Vinícius Eutrópio não poupou palavras para falar de David, jogador de sua confiança e que vem sendo titular absoluto da posição desde o começo da temporada. O técnico reduziu as críticas da torcida em relação ao volante. “É meio antagônico isso. A cada jogo que ele sai, a gente elogia aqui dentro. Fala: ‘o que o David jogou. Como esse cara joga’. São opiniões que a gente tem que respeitar lá fora. É jogador experiente, mesmo mais calado é um dos líderes do grupo”, afirmou o comandante, que prosseguiu a exaltação.

“David é o jogador que talvez mais tenha equilíbrio técnico do time. Talvez é o que mais participa por fazer a parte ofensiva e defensiva. É o jogador que corre mais, pelo que o GPS nos mostra. Média altíssima. Era natural que evoluísse, que acontecesse evolução. Agora era importante que tenha se destacado para mostrar realmente que é uma referência positiva nossa, técnica”, contou.
De alguma forma, porém, Eutrópio tenta justificar as cobranças da torcida sobre o volante tricolor. “É o (jogador) que pega mais na bola, provavelmente vai errar mais que os outros. A qualidade dele é indiscutível.”
Banner

Posta Comentarios: