CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Menu de Navegação

Yanna Lavigne e ex Bruno Gissoni não se seguem mais na web e fãs lamentam


Yanna Lavigne e Bruno Gissoni deixaram de se seguir no Instagram. Prestes a dar à luz Madalena, fruto do relacionamento com o galã, com quem está dividindo o mesmo apartamento, a atriz alfinetou o ex ao falar sobre o fim da relação após mensagem de uma internauta. "Você é tão linda mas fico tão triste em saber que está vivendo esse momento sem o pai da sua filha, geralmente esse momento tão mágico e único tem que ser de cumplicidade...", escreveu a seguidora. Referindo-se ao ditado "antes só do que mal acompanhado", a artista rebateu: "Antes só do que...".

Fãs lamentam e deixam recados para atores

Logo, o fato gerou comentários nas redes sociais nesta sexta-feira (28). "Bruno, repense, ainda dá tempo! Deus não dá nada a ninguém sem que mereçam. Um elo, um presente, uma dádiva, um sonho, um amor, um dom, e principalmente, uma herança do Senhor! Repense...", falou uma. "É pai por tabela", criticou outro. "Você é o maior exemplo de um péssimo homem! Espero que esteja colhendo os frutos de cada semente podre que plantou. Vergonha! O preço vai ser caro meu amigo, e a vida vai lhe cobrar...", disparou uma terceira. "Você não está só. Primeiramente Deus e as pessoas que te amam sempre ao seu lado, dando força. Estarei aqui mandando boas vibrações, vai nascer iluminada essa criança!", comentou uma seguidora. "Mulher não precisa de homem para p* nenhuma na vida", avaliou outra internauta.

Atriz é referência de independência para mães


Ansiosa pelo nascimento da filha, Yanna falou que está separada de Bruno Gissoni enquanto casal e rebateu críticas sobre ser mãe solteira: "Não estamos mais juntos enquanto casal. Estamos juntos enquanto pais de Madalena e isso quer dizer que nossos esforços para fazer desse acontecimento o mais lindo possível está valendo. A convenção de família por si ainda é muito machista, por isso um julgamento generalizado perante a escolha de não estar com o Bruno como casal neste momento. Estigmatizam de uma maneira muito negativa essa relação, mas foi a escolha mais sensata para o momento e pensada com muito carinho. Se a mulher perdoa o marido, ela é permissiva sem amor próprio. Se tem coragem de ter um filho solteira, ela é leviana... Uma família precisa de amor, harmonia, cuidado, independentemente de como é formada".
Banner

Posta Comentarios: