CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

Rodriguinho se dá nota 9 após “melhor atuação” pelo Corinthians


O meia Rodriguinho tinha tudo para deixar o gramado do Moisés Lucarelli lamentando sua ausência no segundo jogo da final do Campeonato Paulista, sacramentada ao levar o seu terceiro cartão amarelo no torneio ainda no primeiro tempo do duelo frente à Ponte Preta, neste domingo, em Campinas. Contudo, o autor de dois gols e do passe para o de Jadson no 3 a 0 do Alvinegro achou poucos espaços para lamentar a suspensão.

“Individualmente foi uma grande noite na minha vida. A gente sempre imagina o melhor, mas nunca imagina tanto”, disse o atleta, apontando o desempenho como o melhor desde que foi contratado pelo Timão. ‘No Corinthians foi sim, até pela final de campeonato. Já tinha feito dois gols algumas outras vezes, mas também teve a assistência além dos dois gols. Pude colaborar muito. Foi a maior atuação, sim”, explicou, sem querer dar uma nota 10 para o desempenho.

“Difícil avaliar, porque se eu me der um 10, posso parecer prepotente. Difícil vocês (jornalistas) darem dez, mas fiz dois, dei uma assistência (risos). Estou muito feliz, a gente provou, calou a boca de muita gente também. Não ganhamos nada ainda, mas demos um grande passo”, observou o armador.

Considerado um dos líderes do elenco, Rodriguinho viu, além da sua atuação, um desempenho invejável de todos os companheiros diante da Macaca, responsável por eliminar Santos e Palmeiras da competição. Para ele, a aplicação tática do Timão foi fundamental na construção do 3 a 0.

“Primeiro temos que respeitar a Ponte, que tem uma grande equipe. Conseguimos anular eles na casa deles, fomos muito bem. Fomos o que a gente vem sendo no campeonato, uma equipe muito sólida, que consegue matar o jogo. Não ganhamos nada ainda. Temos um outro jogo diante da nossa torcida. Isso é muito importante. Sabemos que temos uma grande vantagem, lógico, mas sem perder a concentração”, disse.

O que faltou para uma atuação perfeita, por sinal, pode ter sido justamente o amarelo, único ponto que entristeceu o atleta em campo. Ainda que não conseguisse disfarçar o sorriso a cada pergunta sobre o que acabara de acontecer em Campinas, Rodriguinho explicou sua lamentação com a jogada em que, ao puxar Fernando Bob pela camisa, acabou sendo advertido pelo árbitro Raphael Claus.

“Fiquei muito triste, ainda mais na hora que aconteceu. Até falei para o juiz que ele teve uma grande atuação, mas só não precisava me dar o cartão. Eu estava muito concentrado nisso, de não levar o cartão. Final de campeonato, com a nossa torcida, queria estar presente. Vou estar, mas não da forma que eu queria. Depois do amarelo tive que retomar a concentração ali. Ai pensei, se eu não vou jogar lá, tenho que fazer uma coisa diferente aqui”, explicou o armador, exaltado inclusive pelo técnico Fábio Carille.

“Depois de tantas mudanças no ano passado, o Rodriguinho puxou essa responsabilidade para ele no segundo semestre e foi o melhor jogador do Corinthians. Ele foi prejudicado na pré-temporada por dores no joelho e por isso não começou bem, mas ele conseguiu treinar, fortalecer nas últimas semanas e por isso está bem”, concluiu Carille.
Banner

Posta Comentarios: