CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

Seminário de enfrentamento as drogas elabora plano de ação municipal


O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas – Compod realizou nesta quarta-feira (15), o I Seminário: Destruindo Muros e Construindo Pontes, no auditório da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde – Aesa.

O objetivo foi elaborar o Plano de Ação de Enfrentamento as Drogas. “Esse é um momento histórico para o Compod, após realizar audiência pública, em maio do ano passado, agora, vamos discutir as políticas públicas. O que nos traz aqui, não são as drogas, o que nos traz aqui são às pessoas.”, enfatizou o presidente do Compod, Pastor Ruy Ricardo durante a abertura do evento.

Na oportunidade, foi apresentado o Diagnóstico Situacional, no qual uns dos dados que mais chamaram atenção foi que 50% dos homicídios ocorridos na cidade estão ligados a drogas sejam lícitas ou ilícitas.

O público foi dividido por quatro eixos: Gestão de Política Integrada; Prevenção, Cuidado e Autoridade e a partit daí foram criadas as propostas do Plano de Ação.

“Arcoverde oferece o Caps Álcool e Drogas Jairo Freire para o atendimento de dependentes químicos, mas acredito que a prevenção ainda é o melhor remédio. Acredito também, que a Educação pode ser um caminho, por isso investimos tanto na área, como forma de oportunizar opções diferentes das drogas”, esclareceu a Prefeita Madalena Britto.

O evento teve a participação de vários entidades e da sociedade civil organizada. Estiveram presentes a secretária de Assistência Social, Patrícia Costa; o Controlador do Município, Aldênio Ferro; o presidente da Aesa, Roberto Coelho; a coordenadora municipal da Mulher, Micheline Dial; o coordenador da Juventude, Júlio Torres; as vereadoras Cleriane Medeiros e Cibely Brito; o procurador do Estado, Romulo César; o representante da PM, tenente Barros e o Defensor Público Valdir Pereira.

“Estamos aqui para tirar do papel. É construir e executar, essa deve ser nossa meta”, reforçou a prefeita Madalena Britto, que completou: “Não fazemos nada só, é preciso que a rede seja forte e garanta o funcionamento dessas políticas”, finalizou.



Fotos: Israel Leão
Banner

Posta Comentarios: