CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

Mesmo sem jogar bem, Brasil derrota a Venezuela e assume a liderança das Eliminatórias


O desempenho foi longe do apresentado contra Equador, Colômbia e Bolívia, mas o Brasil manteve o 100% de aproveitamento na Era Tite ao derrotar, em Mérida, a Venezuela pelo placar de 2 a 0, na abertura do segundo turno das Eliminatórias Sul-Americanas para a#Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Além de fazer o seu papel, o escrete canarinho contou com o empate do Uruguai diante da Colômbia (2 a 2, em Barranquilha) para chegar aos 21 pontos e assumir a liderança do torneio continental. Por outro lado, a Vinotinto, tendo mais esse revés, permanece somando dois pontos e na lanterna do certame.

Ambos voltam a jogar pelas Eliminatórias no próximo dia 10 de novembro. A partir das 21h45 (de Brasília), o Brasil tem, no Mineirão, o seu maior rival: a Argentina. Enquanto isso, a Venezuela volta a atuar em casa. Às 22h (de Brasília), encara a Bolívia.

Com William no lugar de Neymar (suspenso pelo terceiro cartão), o Brasil tinha dificuldades para furar a retranca adversária. No entanto, logo aos sete minutos, aproveitando falha do goleiro Dani Hernandez, Gabriel Jesus, com um toque magistral de cobertura, abriu o marcador.

Tendo a vantagem, a Seleção buscava as triangulações para ampliar, mas, em um dia pouco inspirado de seus atacantes, não obtinha sucesso nas suas investidas à meta venezuelana. Do outro lado, Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís praticamente assistiam a partida de dentro de campo.

Veio a segunda etapa e, novamente aos sete, Filipe Luís avançou e tocou para Renato Augusto. Do lado esquerdo, o camisa 8 lançou na área para William, que, mesmo com pouco ângulo, bateu cruzado para estufar as redes: 2 a 0

Diferentemente do primeiro tempo, o Brasil teve outras duas grandes oportunidades, uma com Paulinho e outra com Philippe Coutinho. Em ambas, o o arqueiro Hernandez evitou o pior para os anfitriões.

Aos 28 minutos, uma queda de luz provocou uma paralisação. Depois de 20 minutos, o jogo recomeçou, mas, apesar de uma certa pressão da Venezuela, que obrigou a Alisson a realizar algumas defesas, o panorama não se modificou.
Banner

Posta Comentarios: