CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

Camara de vereadores Casa James Pacheco poderia ter 5 novos nomes com mais vagas


Caso a Câmara de Vereadores de Arcoverde tivesse aprovado o aumento no número de vagas para 15 cadeiras como queriam os pequenos partidos ainda em 2015, pelo menos cinco novos nomes iriam compor a Casa James Pacheco. Em toda a região a casa legislativa de Arcoverde é a que tem o menor número de parlamentares, perdendo para cidades como Buíque, Venturosa, Pedra.

Caso a Casa James Pacheco contasse com 15 assentos garantidos, além dos já eleitos assumiriam uma vaga na Câmara os candidatos Elvys Marques (PSL), pela coligação da candidata do PTB, Nerianny Cavalcanti; Erivaldo Monteiro e Edgar Brito pelo PP (coligação de Dra. Cybele); Milton da casa de Peças pelo Solidariedade (coligação de Cleriane Medeiros); e Arnaldo Tenório do PRP (Coligação de João Taxista).

Eles iriam se somar aos eleitos dentro das atuais 10 vagas: Célia Cardoso (PSB), Siqueirinha (PSB), Cleriane Medeiros (PRTB), Geraldo Vaz (PSD), Everaldo Lira (PMDB), Luiza Margarida (PMDB), João Taxista (PRP), Zirleide Monteiro (PTB), Heriberto do Sacolão (PTN) e Dra. Cybele (PP).

Mesmo com as 15 vagas, os vereadores Luciano Pacheco (PSD), Paulinho (PMDB), Warley Amaral (PSB) e Djanira Brito (PSB) não entrariam já que as coligações da quais faziam parte não alcançaria o cociente eleitoral que, no caso, seria de 2.478 votos ao invés dos 3.718 atuais. A coligação do PRB e PTdoB também não elegeria nenhum já que alcançou apenas 2.097 votos.

O aumento no número de vagas na Câmara de Vereadores em nada altera o valor de repasse do duodécimo feito pela Prefeitura todo dia 20 de cada mês, já que o valor é feito em cima de um percentual (8%) fico. O levantamento foi feito pelo blog de Roberto e Romero.
Banner

Posta Comentarios: