CATEGORIAS

Recentes

Destaques

Tecnologia do Blogger.
Menu de Navegação

Líder comunitária denuncia uso político do leite de todos

"Recadastramento" do Cras da Boa Esperança 
(foto: Arcoverde FM)

Pelo menos 50 crianças e famílias do bairro do São Geraldo, em Arcoverde, tiveram cortados o direito aos litros de leite do programa Leite de Todos do Governo de Pernambuco. A presidente da associação dos moradores do bairro, Vera do São Geraldo, como é conhecida, denuncia que o corte teve pura conotação política, por ela fazer parte do grupo comandado pelo deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB), opositor a atual prefeita, Madalena Britto e ao governador Paulo Câmara, ambos do PSB.

Paralelo a isso, a prefeitura, através dos Cras – Centro de Referência e Assistência Social, está fazendo um recadastramento de todos os beneficiários do programa do leite em Arcoverde em pleno período pré-eleitoral. Esta semana o Cras da Boa Esperança esteve fazendo o recadastramento das famílias beneficiárias do programa, fazendo “pressão política” e entre as funcionárias responsáveis pelo trabalho estava uma filha de uma vereadora da cidade, contratada da prefeitura. Ela está na foto veiculada no site de uma emissora de rádio local virando o rosto de lado para não ser fotografada (foto acima). É de se questionar porque esse tal "recadastramento" acontece às vésperas das eleições. Com a palavra a prefeitura e o Ministério Público Eleitoral. 

Nem no site do Ministério do Desenvolvimento Social, nem no site da Ceasa, da Secretaria de Agricultura ou do Governo de Pernambuco há nenhuma informação ou notícia sobre tal recadastramento. Coincidentemente essa ação acontece em pleno processo pré-eleitoral, há menos de três meses da eleição, e é promovido por órgãos da municipalidade aonde a atual prefeita é pré-candidata a reeleição.

O Programa teve início em 2000 e visava atender, de início, 38.000 famílias, com a distribuição de 1 litro de leite pasteurizado, diariamente, em 184 organizações comunitárias, devidamente credenciadas e localizadas em 97 municípios de Pernambuco e conta com recursos federais, através do Ministério de Desenvolvimento Social.

Pelas regras do programa, o cadastramento e seleção dos beneficiários do programa cabe as organizações comunitárias, a exemplo da associação de moradores do São Geraldo, seguindo os critérios do MDS. Já a Secretaria de Agricultura do estado tem a função de Selecionar e cadastrar as organizações comunitárias requerentes de acordo com as condições necessárias à implantação do Programa. Em Arcoverde está tudo funcionando ao contrário do que diz as regras do Programa.
Banner

Posta Comentarios: